Café colombiano e brasileiro: entenda as diferenças

Você sabia que o Brasil é o maior produtor de café do mundo? Para se ter uma ideia, dentre as espécies de café que são produzidas, o café arábica é aquele que é mais consumido e o Brasil é detentor de 50% dessa produção mundial. É por isso que ainda somos conhecidos pela qualidade e sabor incomparável, sendo o grão do mesmo, conhecido como Ouro Verde.

Contudo, há alguns anos o café brasileiro vem sofrendo uma grande desvalorização em relação ao café Colombiano ou de outros países centrais. O fato é: essa comparação é injusta e fria, assim como o valor que está sendo atribuído ao grão brasileiro e ao grão colombiano. Vamos entender as diferenças?

Café brasileiro X café colombiano

Algumas pequenas informações que são completamente ignoradas pela bolsa de Nova York fazem toda a diferença para o consumidor final. Para que você entenda melhor, o café colombiano é negociado no contrato tipo “C”, que é um tipo de café lavado e que precisa ser comercializado em até seis meses, no máximo, para que suas características não se percam, como o sabor ou a cor, por exemplo.

Já o café brasileiro é natural, além de ter um sabor muito mais gostoso, apresenta qualidade superior, sem contar que pode ser armazenado por mais tempo e consegue ser comercializado a um preço acessível e justo. Essa disparidade de informações reflete em desvalorização de até 40%, perante os cafés que são certificados na bolsa americana.

E claro que essa desvalorização reflete em algum momento. Cotando apenas U$2 libras em peso, a Colômbia, em março do ano que vem, conseguirá comercializar a sua saca com 50 centavos de dólar, enquanto o Brasil vai ter que vender um produto de melhor qualidade a 30 centavos de dólar a menos. O resultado dessa disparidade é de perda de quase R$ 90 reais por saca!

O café arábico brasileiro é forte e tem sabor marcante, podendo agradar o paladar de qualquer um. E por falar em café, você conhece o clube de assinatura do Grão Gourmet? Acesse e confira a seleção para os #CoffeeLovers

8 thoughts on “Café colombiano e brasileiro: entenda as diferenças

  1. Sérgio Milan says:

    Já tomei café colombiano aqui no Brasil e na Colômbia. Realmente o café colombiano é superior ao Brasileiro. O café colombiano é muito suave, tem aparência de chocolate mas sem perder o sabor do café.

    • Renata Kurusu Gancev says:

      Oi Sérgio, tudo bem?
      Você já teve a oportunidade de tomar um café especial brasileiro?
      Vai ver que não fica atrás do colombiano 😉
      Abs, Renata

  2. JOSÉ MARQUES. says:

    O Café COLOMBIANO é ma-ra-vi-lhoso , é leve e tem sabor e aromas suaves e tem mais , não solicita o bendito do açucar . É muito bom e creio que o café BRASILEIRO TOP VIP EXPORT , ETC……. É MUITO FORTE E NO MERCADO INTERNO PARECE “BATIZADO” .

  3. REINALDO BARBOSA MELGAÇO says:

    Bom Dia.
    Experimentei o Café Colombiano, comprado direto em Medelim, NÃO GOSTEI, ao coa-lo, sua aparência é amarelinha (o nosso é escura), e o sabor NADA PARECIDO COM O NOSSO, não tem muito gosto de café!
    NÃO APROVEI!!! – OBS: o pó ao ser coado fica esbranquissado.

    • Renata Kurusu Gancev says:

      Oi Reinaldo! Tudo bem? O fato de não ser tão escuro quanto o nosso café tradicional é um ponto bom, pois a torra mais clara deixa o café mais doce e favorece um grão de qualidade. O estranho é ele fica meio branco como descreveu…

  4. cassio says:

    Cafés Colombianos, claro possuem sim suas características, mas os cafés brasileiros não deixam nada a desejar,
    Só pelo fato da Colômbia utilizar mão de obra escrava nas suas colheitas já perde pontos para quem conhece.
    Brasileiro tem manias de elogiar tudo que vem de fora sem conhecer passo a passo da sua forma de produção.
    Exemplo simples: Brasileiro vai a uma cafeteria se recusa a pagar R$ 50,00 no kg de um bom café brasileiro, agora vai na starbucks, nas lojas do Juan Vadez e Paga $ 20,00 dolares em 250g ai compara com aquele café da promoção do supermercado…… e diz… café brasileiro nao presta!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.