Poucos são os privilegiados em ver um pé de café de pertinho ou visitar uma fazenda cafeeira. Profissionais do café (torrefadores, degustadores, baristas, importadores, etc) e até coffee lovers (amantes da bebida em geral) de outros países como Japão, Estados Unidos, Alemanha, etc, passam a vida sem nunca ver um cafeeiro de verdade. Isso se dá, pois nem todas as regiões do mundo oferecem condições ideias para o cultivo da planta.

Originárias da Etiópia, diversas espécies de café viajaram o mundo e encontraram climas, altitudes e solos bem diferentes. Somente 60 países conseguiram abrigar as plantas e, em troca, elas ofereceram seus melhores frutos.

Para quem não sabe, o cafeeiro é uma planta perene (cultura contínua) de clima tropical. Por isso, ela se desenvolve com facilidade nas regiões cuja temperatura varia entre 19 e 21°C numa faixa do mundo limitada pelos trópicos de Capricónio e Câncer. Traduzindo: um cinturão de café como mostra a foto abaixo.

cinturao-do-cafe-grao-gourmet

Como o Brasil (em termos de extensão territorial) é um dos países com mais terras entres os dois trópicos. Daí se explica o porquê do café ser cultivado em diversos estados brasileiros. Cada um mais diferente do outro, pois afinal, solo, clima e altitude influenciam e muito na qualidade sensorial de cada grão.

cinturao-site-segredo

Países mais frios ou muito quentes apenas compram as safras dos países produtores. Por isso, se você ainda não visitou uma fazenda de café… VISITE! Tire foto e ostente nas redes sociais. Os amantes de café gringos vão morrer de inveja!

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *