Preço do café Conilon ultrapassa o Arábica pela primeira vez na história

preço do café

O café Arábica, que representa quase ¾ da produção global, sempre foi mais valorizado do que o Robusta, conhecido no Brasil como Conilon. Devido à quebra de safra no Espírito Santo (ES), em função da seca, o preço da saca do Conilon ultrapassou o do Arábica nos últimos dias, no entanto, esse quadro é momentâneo e a diferença de preço entre as duas espécies deve voltar a aumentar.

grafico-de-preco-cafe-arabica-cafe-conilon-2016
Vejamos algumas diferenças entre as duas espécies que justificam a sobrevalorização da espécie Arábica:

  • O café Arábica possui maior complexidade de sabor do que o Conilon. Observando a composição química dos grãos das duas espécies, nota-se uma maior quantidade de açúcares nos grãos da primeira e esse atributo é muito valorizado pela indústria.
  • O café Conilon possui custo de produção mais baixo. Por ser menos suscetível a pragas sua produtividade por hectare, em média, é maior do que o Arábica e seu cultivo demanda menos insumos.

O Brasil produz as duas espécies, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), em 2015 produzimos 32 milhões de sacas de arábica e 12 de Conilon. Em 2016 a expectativa de produção é de 41,2 milhões de sacas de Arábica e 8,1 de Conilon. Apenas esses números já são suficientes para observarmos um desequilíbrio no mercado local.

Existe um outro ponto a ser considerado, como a importação de café verde é proibida por motivos fitossanitários, a indústria local, que é quem consome a maior parte do Conilon produzido no Brasil, não tem como substituir o Conilon brasileiro por outro, produzido em outra origem, e acaba precisando aumentar o volume de Arábica em seu blend. Observando a bolsa de NY e a bolsa de Londres, que são as duas referências internacionais para o café Arábica e o Conilon, respectivamente, notamos que o Arábica continua mais valorizado do que o Conilon.

arabica-x-conilon
Fonte: Bloomberg

O gráfico acima mostra a diferença histórica entre o café Arábica e o Robusta nas duas bolsas, em dólares por libra. É possível observar que essa diferença, hoje, está próxima à média histórica.

Com base nos dados acima, concluímos que a saca do café Conilon estar mais cara do que o café Arábica representa uma anomalia momentânea do mercado físico de café no Brasil. Outra conclusão é que o preço do Conilon no mercado interno não possui correlação, ou possui muito pouca, com a bolsa de Londres, devido à sua baixa participação no trade internacional de café Robusta. De qualquer forma, na xícara, eu ainda prefiro um café 100% arábica 😉

Por Boris Gancev

Co-fundador do Grão Gourmet e consultor em gestão de risco agrícola.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *