Uma xícara de café feita de café

Imagine que alguém lhe ofereça uma xícara de café mas, quando o suposto café é trazido, não há nada para beber. Não, não foi um erro e a pessoa não esqueceu seu café – ela só esqueceu de mencionar que estava sendo literal: a tal xícara é feita de café! Ou melhor, das suas cascas.

A HuskeeCup, em tradução livre como “xícara de cascas”, criada por Saxon Wright e seus sócios do Yunnan Coffee Traders in China, foi desenvolvida na tentativa de diminuir o desperdício das fazendas de café. Como as cascas do café não possuem nutrientes e não podem ser usadas na compostagem, alguns fazendeiros a utilizam como fonte de energia, outros a usam como cobertura do solo para evitar ervas daninhas.. mas, em todos os casos, sempre há uma parte excedente que pode atrair pestes e doenças. Sendo assim, a HuskeeCup seria uma solução prática para dar utilidade ao que antes não era bem aproveitado e para contribuir para a limpeza da fazenda.

O início

A ideia da xícara surgiu de um mero comentário: “Não seria legal se pudéssemos transformar isso em um copo e beber café nele?”, alguém do time falou ao olhar para as cascas. Pronto, o primeiro passo estava dado. Depois de muita pesquisa, descobriram que era realmente possível fazer um copo com as cascas, mas ainda haviam algumas coisas a serem resolvidas. Você compraria uma xícara com uma aparência desgastada, enquanto essa encontra-se do lado de uma linda xícara de porcelana com desenhos delicados? Era preciso cuidar do design.

“Não seria legal se pudéssemos transformar as cascas em um copo e beber café nele?”

A criação da identidade visual da xícara levou aproximadamente um ano. Combinar o útil com o desejável era a solução: se criassem o produto com o único objetivo de resolver o problema do desperdício das fazendas, a demanda seria baixa. Portanto, o necessário era criar um design único e que atraísse o consumidor, um design que teria chances quando colocado ao lado de uma linda xícara de porcelana.

O resultado? Uma xícara que pode ser usada desde um jantar até uma viagem, e ainda por cima reutilizável.

Design do HuskeeCup

Claro que a beleza não é a única coisa que foi levada em conta. Durante o processo, os designers se preocuparam também com as questões práticas do dia a dia, que afetam tanto o consumidor, como a temperatura do café – que não pode afetar a temperatura da xícara –  e aquelas que afetam o barista, como o empilhamento das xícaras na máquina.

HuskeeCup e a sustentabilidade

Não é só na fazenda que o HuskeeCup contribui positivamente nas questões ambientais. Se compararmos o processo de aquecimento da cerâmica e das cascas de café, a energia que é economizada é muito significante – isso porque a cerâmica precisa de 500ºC em seus fornos, enquanto o HuskeeCup precisa de 300ºC.

Além disso, a durabilidade dessa xícara é muito maior que a da cerâmica. Por serem menos propensas a rachaduras e quebras, não há a necessidade de comprar várias e sua reposição é muito menor, o que traz um maior custo benefício.

O sabor

Uma das perguntas que os criadores mais recebem é se o gosto do café mudará em algum aspecto quando tomado nessa xícara. Segundo a empresa, por conta das cascas não terem nenhum tipo de nutriente, o aroma e o sabor da bebida não são modificados de forma alguma, e diversos testes foram feitos para terem a certeza disso.

fonte: http://www.scanews.coffee/2017/10/31/the-coffee-cup-made-from-coffee-25-magazine-issue-2/

Já conhece nosso clube de assinaturas?

Já conhece nosso clube de assinaturas?

Assinaturas

Assinaturas

A partir de: R$ 29,80 / mês

 

4 thoughts on “Uma xícara de café feita de café

  1. Gerusa Fabiani Silva Silva says:

    Endoidecida por esta Xícara =)

    Obrigada por compartilhar a Materia,

    Abraços cafeinados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.