Café

Café

O consumo mundial está aumentando muito, especialmente nos mercados emergentes. Hoje ele é de cerca de 145 milhões de sacas no mundo todo. Estima-se que até 2030 o consumo mundial de café aumentará um terço, para 200 milhões de sacas. Assim, a produção terá que crescer entre 40 e 50 milhões de sacas na próxima década para atender esse aumento. Só para termos uma ideia, isso é equivalente a quase toda produção do Brasil (aproximadamente 50 milhões de sacas), o maior produtor do mundo!

Para agravar esse cenário, há o aumento das temperaturas nos próximos anos que pode ameaçar a variedade arábica de café, advertência de Andrea Illy, CEO da IllyCafe, uma das maiores empresas de café do mundo. Economicamente, existem duas espécies mais cultivadas de café: robusta e arábica. Esta última é mais valorizada pela qualidade dos cafés e pela complexidade sensorial, sendo mais sensível às mudanças climáticas. O Brasil é o maior produtor de arábica do mundo e o Vietnã de robusta, também chamado de conilon.café

As alterações climáticas ameaçam 25% da produção do Brasile de produtores como a Nicarágua, El Salvador e México, segundo um estudo do International Center for Tropical Agriculture. De acordo com o mesmo relatório, as zonas de produção deverão ser transferidas para a América Central, região Ásia-Pacífico e para algumas áreas da África Oriental, onde as culturas podem se desenvolver emaltitudes mais elevadas.

De acordo com a comerciante suíça Vollcafe, o mundo deverá ter um déficit de produção de café na ordem dos 3,5 milhões de sacas durante a safra 2015/16.

Conclusão:


Vamos aproveitar essas raridades que o GrãoGourmet.com leva para sua casa todo mês 😉

Somos um clube de cafés especiais, assine nosso serviço e receba osmelhores lotes de café do Brasil, 100% arábica, todo mês na sua casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *