icon-enfeite

A flor, por definição, é o órgão reprodutor das angiospermas, grupo de plantas ao qual o cafeeiro pertence. A flor dá origem ao fruto, que protege o desenvolvimento da semente. Café é o nome da semente do cafeeiro.

A florada ou floração do cafeeiro é um período que vai desde o nascimento até a queda das flores e pode ser dividida em 4 fases:

  • Iniciação – Produção do estímulo floral (indução), formando a gema, e definição floral (genética) irreversível (evocação), formando o botão da flor;
  • Diferenciação – Formação das células modificadas que diferenciam as partes florais, com os botões crescendo entre 4 a 8 mm;
  • Dormência – Período de inatividade com duração variável;
  • Abertura da flor – Completo crescimento e diferenciação das partes florais.

florada_florA florada geralmente ocorre na primavera, entre os meses de setembro e novembro. Porém, pode ocorrer mais de uma florada, dependendo das características da cultivar e de fatores ambientais como radiação solar, temperatura, disponibilidade de água etc.

A quantidade de flores depende do número de nós (pontos de onde partem novos ramos e folhas) dos ramos laterais formados na estação de crescimento anterior (setembro a maio). Daí a importância de ter muitas folhas no cafeeiro, evitando que elas caiam até a próxima florada.

floradaA iniciação tem início provável (vista em campo por observação do botão) entre janeiro e fevereiro. A diferenciação ocorre até julho, quando tem início a dormência. Essa fase de inatividade coincide com o inverno do sudeste brasileiro, estação seca e fria, e nela ocorre a maturação dos botões, que acabam por atingir o mesmo grau de desenvolvimento, mesmo sendo iniciados em tempos diferentes, daí a importância dessa fase. Com o início das chuvas ou uma queda brusca de temperatura, os botões voltam ao crescimento até a abertura das flores.

Na abertura das flores o cafezal fica lindo, repleto de delicadas flores brancas ao longo dos ramos, parecendo um véu de renda.

No entanto, as mudanças climáticas que vêm ocorrendo fazem com que a floração ocorra em diversas épocas, o que prejudica muito a colheita do café, interferindo na sua qualidade.

Referência: Website CaféPoint “A floração do cafeeiro arábica e a frustração da florada de 2006”.

Fundação Procafé “Floração do cafeeiro: um enigma”.