Micr. Fazenda Londrina – safra 14/15 (Jul/15)

Gerson Naimeg / MG

Microlote_M15_400pxGerson Naimeg é o patriarca de uma família que tem em seu DNA a marca dos cafeicultores de atitude. O produtor é mineiro de Conselheiro Pena, filho de um alemão com uma brasileira. Ainda jovem mudou-se para o Paraná e lá casou-se com uma mineira, Hercília Mafra e teve 6 filhos: José Aparecido, Carlos, Nilza, Gerson, Mauro e Jorge Fernando. Ainda no Paraná comprou seu 1º pedaço de terra e plantou seus 2 alqueires de café, sua grande paixão. Com dedicação e amor cresceu ancorado no trabalho e o foco em melhorar as condições de vida da família. Em 1981, depois de ter as lavouras atingidas por geadas decidiu buscar uma nova região para continuar desenvolvendo a atividade que mais gostava. Foi então que decidiu ir para a Região do Cerrado Mineiro, adquirindo sua primeira propriedade, a Fazenda Pântano, no município de Coromandel. Em 88 mudou-se definitivamente para a Região. Infelizmente, em 2014, Gerson Naimeg faleceu, mas deixou aos filhos o exemplo de quase 50 anos dedicados ao amor pelo café; além do hábito de colecionar Prêmios. O Grupo Naimeg busca inserir ferramentas modernas de gestão do negócio, sem perder o foco na qualidade e nas responsabilidades social e ambiental.

  • Região de origem: Cerrado Mineiro, Coromandel, estado de Minas Gerais

  • Fazenda: Londrina

  • Produtor: Gerson Naimeg

  • Variedades: 100% Arábica – Mundo Novo

  • Processo: Natural

  • Altitude1.120 m

  • Florada: Outubro/Novembro

  • Colheita: Início em Maio e término em Setembro

  • Peneira: 16 acima

  • Pontuação: 85 pontos na escala SCAA

  • Notas: Sabor doce marcante, caramelo e chocolate ao leite. Acidez baixa e corpo médio.

  • Certificações
    Rainforest_Alliance UTZ_Certified 4c_2 logo cerrado

HISTÓRIA DA REGIÃO DO CERRADO MINEIRO

Fazenda Londrina

A Região do Cerrado Mineiro é uma origem de produção de café de alta qualidade, reconhecido no mundo – a primeira “Denominação de Origem” no Brasil, localizada no noroeste do estado de Minas Gerais.

Tendo estações bem definidas – um verão quente e úmido e um inverno agradavelmente seco – é uma forte característica da região. As plantações de café são cultivadas em áreas com altitudes variando entre 800 e 1.300 metros, como resultado, cafés de alta qualidade com uma identidade única.

Os cafés possuem “Garantia de Origem e Qualidade” pela Região do Cerrado Mineiro – D.O. Conselho Regulador.QRCode

O processo oficial de produção da Denominação de Origem, enfatiza e valoriza as características da nossa terra. Só cafés cultivados dentro da área oficialmente delimitada e que seguiu as regras do processo de produção definido pelo nosso Conselho Regulador, pode ter o Região do Cerrado Mineiro – D.O. assegurada pelo Selo de Procedência Garantida de Origem e Qualidade.