icon-enfeite

Para o preparo da bebida, o café verde deve passar pelo processo de torra, que é o feito por uma torrefadora em instalação industrial, embora possa ser feita artesanalmente em menor escala.

O objetivo da torra é “assar” os grãos de café verde até quase queimar, em um equipamento chamado torrador, que utiliza injeção de ar quente.

processo de torraA torra é uma etapa muito importante, que influencia diretamente na qualidade da bebida. O calor desencadeia diversas reações químicas no grão:

  • Os amidos viram açúcares
  • Ácidos são eliminados e outros são formados
  • Moléculas de proteínas são quebradas
  • Óleos como o cafeol atingem a superfície do grão
  • Água é evaporada
  • Dióxido de carbono é perdido
  • Substâncias voláteis são liberadas, aromatizando o grão
  • Degradação da parede celular dos grãos
Após a torra os grãos devem ser moídos para se prepara a bebida. A moagem pode ser classificada em grosseira, média e fina, e cad
a qual é adequada para cada tipo de preparo do café (coado, expresso etc.).

A moagem pode ser feita na própria torrefadora, produzindo o tipo café torrado e moído, que na sequência é embalado para ser vendido. Às vezes a moagem é feita no próprio local de venda ou na própria residência do consumidor.

No caso do café expresso, a moagem pode ser feita na própria máquina dotada de moinho ou em um moinho separado.preparo_café_filtro

Os cafés torrado e moído ou em grãos são geralmente comercializados em embalagens laminadas (plástico aluminizado), que pode
m ser simples, a vácuo, com gás inerte injetado ou com válvula. Também são utilizadas embalagens plásticas tipo almofada ou embalagens de papel. É importante salientar que as embalagens a vácuo e a valvulada conservam melhor o café, aumentando sua validade. O café torrado e moído é mais sensível à ação do oxigênio, daí a importância de sua embalagem.

Para o preparo do café em filtro ou coador, deve-se utilizar o torrado e moído. Para o café expresso pode ser grãos torrados, sachês ou torrado e moído.

Referências: Livro ”Café – Um guia do apreciador“ (2008).

Website “Revista Cafeicultura” (2008).