Esse é o café edição 68 do nosso clube de assinaturas!

Um lote da safra 19/20, preparado com todo o carinho, direto das Montanhas de Matas de Minas!

Veja o vídeo do café do mês

Produtor: Paulo Villares

Sitio Muralha_fotos

Paulo Villares nasceu em Belo Horizonte, mas foi criado no interior de Pedra Bonita, uma pequena cidade da região das Matas de Minas. Aos 19 anos começou a trabalhar com café, como estagiário numa exportadora de cafés, e nunca mais parou!

O primeiro contato com os cafés especiais aconteceu em Araponga, no ano de 2000, antes mesmo do estágio, e aquilo o motivou a cultivar um café cada vez mais sustentável, cultivado em harmonia com a natureza, sem degradar o meio ambiente.

O Sítio Muralha está em uma localização privilegiada, ao lado do Parque Estadual Serra do Brigadeiro!

Um lugar de belas paisagens naturais e condições climáticas ideais para o cultivo do café, que aliada à alta qualidade do solo e altitude elevada, possibilita um cultivo sustentável, sem utilização de agrotóxicos, resultando em um café excelente!

E é esse café que vocês terão o privilégio de provar esse mês 😉

  • Região de origem: Matas de Minas, Pedra Bonita, estado de Minas Gerais
  • Fazenda: Sítio Muralha

  • Variedades: 100% Arábica – Catucaí Amarelo

  • Processo: Natural, seco em terreiro suspenso e secador estático

  • Altitude1.370 m

  • Florada: Setembro

  • Colheita: Agosto

  • Peneira: 16 acima

  • Pontuação: 86 pontos

  • Notas:Fragrância e aroma frutado. Sabor doce de frutas amarelas, frutos roxos, chocolate e caramelo. Corpo médio alto, acidez alta e equilibrada e finalização duradoura.
  • Certificações:   Logo Região das Matas de Minas

HISTÓRIA DA REGIÃO DE MATAS DE MINAS

Mapa da região de Matas de Minas

A região das Matas de Minas ou Zona da Mata, como também é conhecida, é marcada pela predominância da agricultura familiar e está situada na região sudeste do estado de Minas Gerais, perto da fronteira com os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

É uma origem produtora de cafés especiais, composta por 63 municípios e pioneira na qualidade artesanal, trabalho manual e técnicas desenvolvidas para produzir alta qualidade. O resultado de tudo isso é uma diversidade de nuances e sabores diferenciados presentes nos cafés, que se destacam nas principais premiações nacionais e internacionais.

O nome Zona da Mata é devido à predominância da Mata Atlântica, que hoje pode ser apreciada dos locais mais altos. O terreno é acidentado, com muitos morros. A Serra do Caparaó faz fronteira com o Espírito Santo, onde estão localizados o Pico da Bandeira e o Pico do Cristal.